quarta-feira, 7 de abril de 2010

Segundas...terceiras oportunidades?


Há uns anos, quando alguém cometia o erro fatal de me desiludir não havia volta a dar. Dar uma segunda oportunidade não era sequer ponderada. Se fosse uma pequena zanga, algum desentendimento, a coisa ainda aí lá. A custo mas aí. Era preciso ser-se muito próximo, alguém de quem gostasse bastante para chegar à desilusão. Vistas as coisas, já hoje e friamente no fundo são essas mesmas pessoas e só as que nos podem desiludir. As expectativas e a consideração que temos por elas são tão elevadas, que quando descobrimos que não são nada daquilo que pensavámos, apanhamos com um grande balde de água fria. E por mais que tente, nunca volta a ser a mesma coisa. Posso dar uma segunda oportunidade. Sim, isso já o faço. Mas perdoar não significa esquecer. É como dar um erro ortográfico e apagá-lo com tinta correctora. Ele desaparece, mas a marca fica lá.
Terceiras oportunidades? Nem vale a pena referir, porque no meu dicionário não se encontram disponíveis.

22 comentários:

Rita G. disse...

Tb consigo perdoar, mas esquecer não...bj:-)

Saint and Sinner disse...

Já perdoei muita gente, mas nunca consegui voltar a confiar :x

Ja agora, miminho no meu blog *

anf disse...

o meu problema também é esse,
fica escondido mas não esquecido
besito

Poetic GIRL disse...

Eu até posso perdoar, porque não sou de guardar rancores. Mas não volto a confiar da mesma forma, não consigo. E não sou fingida não consigo agir como agia antes... bjs

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Raramente dou 2º chance, mas isto sou eu a falar.

MY WORLD disse...

depende da situação, mas claro a confiança nunca mais é a mesma...

Cat disse...

É mesmo. E comigo, isso de "perdoar mas não esquecer" acontece mas a coisa acaba sempre por terminar mal.

Anónimo disse...

Uiii! És virgem ou touro! Compreendo perfeitamente...e acho mto mais verdadeiro ser assim! :D

Anjo De Cor disse...

Com a idade ficamos mais tolerantes acho eu....
A primeira vez é imprevista, a segunda cai quem quer, a terceira é burrice...é o que dizem, heheheheh ;)

Malinha viajante disse...

Saint and Sinner: Bigada, já lá passo para agradecer e ir buscar ;)

Anónimo: Nem uma coisa nem outra!LOL Sou caranguejo, mas o meu ascendente é virgem (e isso explica muita coisa claro) ;)

Anónimo disse...

Ok, não está aqui uma futura Maya do nosso Portugal! ahah Mas é giro..eu sou virgem e, qs sempre que te leio, vejo semelhanças...;)

Mas continuo a achar que é mto mais verdadeiro ser assim! :)

Just Me...S disse...

Estou contigo amiga :)

Beijoca doce

Pinkk Candy disse...

é mesmo difícil, eu acho que perdoar está tão ligado com esquecer, ou seja uma pessoa que perdoa, mas que não esquece, será que perdoou mesmo? coloco-me muitas vezes essa questão e ainda não cheguei a uma conclusão.
é mais fácil perdoar e esquecer, se a pessoa que cometeu o "crime" se redimir e não voltar a fazer o mesmo.

=)

sakura disse...

Também sou assim... Perdoo mas não esqueço.
Beijinhos***

Malinha viajante disse...

Anónimo: Pois talvez não esteja, Maya só há uma e mais nenhuma LOL
Sabes que o ascendente influencia imenso a nossa personalidade? Por isso há pessoas do mesmo signo que são bastante opostas. Sendo tu de signo e eu de ascendente...se calhar por isso te identifiques com o que escrevo ;)
Para mim não há outra forma de ser!

Pinkk: Sua imitadora, também já pensei muitas vezes assim sabes? A questão é que perdoamos porque gostamos dessas pessoas e achamos que a nossa vida sem elas não é melhor vero?
Logo, uma segunda oportunidade vem. Se tudo correr bem, as relações pouco a pouco vão-se cimentando novamente, volta-se a recuperar a confiança. Mas caso aconteça de novo, chega! As hipóteses acabaram, se não aproveitou a segunda é porque não estavam assim tão interessadas no nosso perdão...finito!

Allie disse...

e do post vem a questão: vale mesmo a pena perdoar se não conseguimos esquecer?

vou seguir :) beijinhos

Cat disse...

Nem respondi no meu post porque não queria estar lá a falar disto.. :P Mas sim, a J é a S. E a "tua"? :P

Malinha viajante disse...

Allie: Boa pergunta! Acho que depende muito das situações e claramente das pessoas envolvidas.
Bem-vinda ;)

Cat: Vi logo que vinhas responder aqui! Sim então partilhamos a "mesma cor" ;)

Pinkk Candy disse...

sim, mas aqui toda a gente fica a saber na mesma. mas as pessoas falam da sua cor política às escondidas? porquê? têm vergonha?! :)

Anónimo disse...

:) Sim, já ouvi dizer que influencia.. A minha realidade é: Virgo, de signo e ascendente! Portanto...não sei falar de outras influências. ;) Mas, no fundo, acho que todos temos um pouco de tudo! Não sou o cúmulo da organização, um pano da louça tb não é a minha prenda favorita, etc, etc...mas que há coisas que batem certas, isso há! ;)

Cat disse...

Ah bom! :D **

J.J. disse...

Para mim só existem duas oportunidades tbm! Qdo nos machucamos a cicatriz fica para nos lembrarmos da dor, mas não dói. Assim é qdo perdoamos alguém: lembramos, sim, do que a pessoa fez mas isso não causa mais nenhum ressentimento!