sábado, 23 de julho de 2011

(Mais) Uma para o amaldiçoado clube dos 27

Eu só estou nele há coisa de dois semanas, mas eu não tenho o talento deles. A Amy Winehouse era uma das melhores vozes da nova geração, tinha uma voz incrível mas um percurso de carreira miserável. O Rock in Rio 2008, foi só (mais) uma dessas provas. Mas culpados também são aqueles que permitiam e aturavam as suas loucuras, não lhe impondo limites nem condições. Já se sabe, a malta é jovem, pensa que é imortal e ainda por cima tem o Mundo a seus pés, nada lhe vai cair em cima.
É uma pena, mesmo grande, ver talentos destes irem-se tão cedo, por "tão pouco".







R.I.P Amy

2 comentários:

Cat disse...

Esta morte é daquelas que deixa assim um sentimento estranho nas pessoas. Porque é triste, claro que é triste. Mas não se esperava um desfecho muito diferente. É uma pena.

Beijo, querida *

The other side. disse...

Amy,pra sempre em nosso ouvidos,nossas mentes e nossos corações :)