segunda-feira, 2 de agosto de 2010

(In)Confidências

Há dias li um artigo sobre as reacções e atitudes que temos quando se passa a barreira dos 20 para os 30. Ou seja que perante a mesma situação, poucos anos fazem toda a diferença. Embora ainda me faltem 4 (corrigo, 4), identifiquem-me em muito com os thirty. Porquê? Porque simplesmente cada dia tento não perder mais tempo com aquilo que não vale a pena.
Tento.
É claro que muitas vezes não consigo, mas este caminho tem pernas para andar. As pessoas são os principais alvos claro. São mais ou menos como uma caixinha de chocolates, nunca se sabe muito bem o que se pode encontrar lá dentro. E quando o sabor não nos agrada, o melhor é pôr de lado e repor o stock com produtos de melhor qualidade. Mesmo que anteriormente tivessem sido deliciosos, não esqueçamos que o chocolate também tem prazo de validade.
Convém zelar pela nossa saúde...pois claro!

9 comentários:

sophia disse...

Fiquei curiosa. Que outras diferenças indicava esse artigo?

Fapplephill V. disse...

Hum... Que artigo foi?

Tulipa Negra disse...

Bela metáfora, sem dúvida. E eu que adoro chocolate, concordo que depois do prazo de validade é melhor deitá-lo fora e comprar outro. :)
Beijinhos

Poetic GIRL disse...

Exactamente, li algures que as amizades e amores também são passíveis de ser reciclados. Por cada amigo que se perde, por vezes entram dois. Simplesmente nos devemos convencer que nesta vida tudo passa, mais cedo ou mais tarde! bjs

Rita G. disse...

Tenho 32 e identifico-me muito com a ideia de não perder tempo com o que não vale a pena, de ser mais selectiva com tudo. os 30 trazem-nos coisas boas:) bj!

L'Enfant Terrible disse...

Mesmo assim tanto vezes, umas por distração outras por negligência, apanham-se intoxicações militares!

Malinha viajante disse...

Meninas:
O artigo dizia mais ou menos o que expliquei, sendo que fazia a diferença entre a Geração Y (18-29) e a Geração X (já nos 30).
"Geração X: Funcionam cada um por si e tentam evitar o conflito. Mas se as chateiam muito acabam por explodir (concordo completamente nesta parte)...e estas mulheres enfurecidas transformam-se em alguém com quem não nos queremos cruzar (oh sim senhora, idem aspas)
Geração Y: Foram ensinadas a lidar com situações de grupo. Tentam sempre pedir opiniões (...) antes de lidar com o problema e depois enfrentam a situação (aqui identifico-me bastante). Adoram desabafar mesmo que por sms".

Depois ainda retratavam várias situações e as atitudes e como disse algumas encaixava-me bastante nos thirty.
Este artigo saiu na Cosmopolitan.
;)

Malinha viajante disse...

Poetic Girl: Também li isso algures, embora por experiência própria o possa dizer, não precisava de nenhum artigo para confirmar (lol)
;)

Anónimo disse...

Ehehe belo trocadilho, concordo quando o chocolate passa o prazo deita-se fora e venha outro!
*Beijinhos*
Maria