segunda-feira, 19 de abril de 2010

Filmes (#34)


O Nicholas Sparks é o autor por excelência que nos põe a chorar "baba e ranho". Dizem que os homens são uns insensíveis e blá blá blá wiskas saquetas , mas as grandes histórias de lágrima ao canto do olho são quase todas escritas por eles. Se as cartas são sempre um elo de ligação entre os protagonistas, o Dear John não é excepção. Foi através delas que Savannah e John encurtaram distâncias. Depois de duas semanas juntos, ele partiu novamente para a guerra, enquanto ela regressou à Universidade. E foi também através delas, que se separam. Sim, Savannah acaba por casar com Tim. E já habituados aos seus finais, apesar da separação a história de amor não tinha terminado.
As críticas dizem que o filme não supera o livro. Mas isso é alguma novidade? É raro haver algum que o supere. Não amei, mas gostei bastante. E muito por conta do próprio actor, que encarna só assim o papel do autêntico prince charming.
O meu preferido continua a ser o The notebook. Perfeito é pouco para o descrever, tanto o livro como o filme.

14 comentários:

Violet* disse...

Estou ansiosa por ver este =)

Cláudia Fernandes disse...

nicholas sparks é o meu amorzinho , amorzinho de sempre....amo aquilo que ele escreve!!!Amo como me deixa complectamente destroçada a cada coração partido, como me deixa feliz a cada reeencontro a cada beijo que descreve! sempre que leio os seus livros sinto-me dentro da história!!! E como dizes raramente um filme consegue fazer justiça ao livro que lhe precede!!!!Mas gosto de vê-los só para ver se os cenários que imaginei enquanto lia se adequam aos do vi-me que agora vejo!!! CHamem-lhe mania....faço sempe isto!!!
beijo

Cláudia Fernandes

Mariana: Barbie is a bitch darling disse...

eu gostei mt do filme,simples mas directo ao coraçao

bj

Pinkk Candy disse...

nunca li nada do Nicholas Sparks, acho que já disse isto aqui.
mas falam tanto, mas tanto do The Notebook, que estou mais que curiosa :-)

ranuzia disse...

oi linda. saudades de ti...deixe um selinho pra vc lá no meu blog...beijinhos

å½xandra disse...

Confesso que ainda não vi o filme, ando mais a ganhar tempo para ver o Remember me primeiro.
Mas só a banda sonora, e o trailer. Acho que são óptimos, falando apenas desses que vi...
Nicholas Sparks é um autor que, embora não dos meus predilectos, não deixo de o admirar pela habilidade que tem de, quer enquanto homem e enquanto pessoa, tocar e saber manobrar tão bem os sentimentos que quer uma mulher quer um homem possam sentir um por outro em várias situações. Um apaixonado, portanto.

t.care *

Maçã e Canela disse...

chorei...chorei tt lol

Anónimo disse...

The Notebook é só o melhor filme de todos os tempos (para o género, claro)...Meu Deus, o que eu amo a história...em livro, em filme, é de chorar e repetir sempre!! :D

Just Me...S disse...

Pronto...ok...é desta!!!!! lol Vou comprar então o The Notebook :))

Beijoca doce

J.J. disse...

Um livro nunca será igual a um filme, porque a gente lida com linguagens diferentes!

P.S.: Pq sumiu do blog? Aparece lá!

Bjus

Anjo De Cor disse...

Estive para ver, mas o meu homi, detesta esse tipo de filme, então escolhemos outro, quando estiver no videoclub vou alugar ;)

Malinha viajante disse...

Cláudia Fernandes: Join the club ;) E se faço ao contrário, a cara das personagens ficam sempre as dos actores!

ranuzia: Minha querida, já lá passo ;)

Alexandra: Já ouvi dizer que esse não vale um chave...mesmo! Se vires dizes-me que tal oki? ;)

Malinha viajante disse...

Maça e canela: Neste só deitei umas lagrimitas, coisa pouca confesso.
Bem-vinda ;)

Anónimo: Sim dentro do género é o melhor, AMO o filme, o livro tudi e tudi.
;)

Anjo de cor: Ai estes homens pá. Eu acho que para castigo agora o devias obrigar a ir ver hihi ;)

Nelson Soares disse...

Eu também gosto muito de Sparks mas adoro saber que concordas que o Tatum (acho que é assim) é um actor muito bom... Assim, nessa ordem de palavras. xD



Stay Well